Sexteto Pedregal Tannat Roble 2015
Canelones, Uruguai
Sexteto Pedregal Tannat Roble 2015
Um ótimo custo-qualidade do Uruguai, para quem quer começar a conhecer os vinhos do pequeno sul-americano
Produto indisponível
Sobre o produto
Teor
alcoólico
13,5%
Descanso
30 min.
Temperatura
18°
Uva/Corte
Tannat

Já provamos muitos Tannats por aqui - quase nenhum que representasse um custo-benefício tão bom.

Logo ao ser servido, este Tannat se mostra ainda fechado, tímido. Começa a exibir aos poucos, com o tempo, as típicas notas de frutas negras, como ameixa e amora.

A leveza com que passa pelo paladar é surpreendente. Macio, espalha as notas de ameixa e morango, que ficam presas nas bochechas por seus taninos finos, mas volumosos. Um Tannat muito frutado e suculento, que com certeza vai agradar quem ainda não conhece a variedade francesa que se adotou o Uruguai como segunda casa e agora está ganhando cada vez mais destaque aqui no Brasil.

Um vinho que, com certeza, aguentaria mais pelo menos cinco anos de adega. Se quiser abri-lo agora, não se esqueça de garantir uma carne igualmente suculenta, como bife de chorizo, para acalmar seus taninos.

História

Localizada em Canelones, principal região produtora de vinhos do Uruguai, a Antigua Bodega Stagnari iniciou o seu funcionamento em 1928. Seus vinhos, de caráter moderno, são resultado do trabalho em conjunto entre Virginia Stagnari e seus filhos Mariana e Carlo e a renomada enóloga Laura Casella. Lá, as videiras crescem em solo rústico e pedregoso, favorecendo o caráter intenso e concentrado de seus vinhos.

Produtos relacionados