Duo Los Riscos Carménère 2014
Vale do Curicó, Chile
Duo Los Riscos Carménère 2014
Best seller badge
Produto indisponível
Sobre o produto
Teor
alcoólico
13,0%
Descanso
0 min.
Temperatura
15°
Uva/Corte
Carmenère

É um Barbera?! Não, é um Carménère. Mas tão mais leve, tão mais ácido, tão mais... Diferente! De verdade, raramente se prova um Carménère tão ácido como este (o que é bom, pois essa é uma das melhores características que um vinho pode ter.

Parece mesmo os Barberas – leves, de acidez italiana, mas com aquele toque de pimentão típico da Carménère. Marca da Viña Requingua, não espere um tinto pesadão nem aquelas frutas doces e cheias de compota. Aqui, são ameixas frescas, uma folhinha de menta e taninos bem suaves, mas que se fazem sentir belamente.

Apesar de ser hoje um dos principais centros agrícolas do Chile, o Vale do Curicó não é dos mais famosos fora das redondezas. Por ali, uma neblina cobre as vinhas todas as manhãs, deixando-as frias por mais tempo do que nos outros vales. É essa amplitude diária que lhe trouxe tanta acidez (sabemos que falamos muito em acidez... Mas acredite, ela é o trunfo deste tinto).

E se você quer uma dica, pense em queijos, massa, molho de tomate... Isso mesmo, pizza, vinho leve e acidez - casamento ideal!

História

Apesar de ser hoje um dos principais centros agrícolas do Chile, o Vale do Curicó não é dos mais famosos fora das redondezas. Mas foi lá que a família Achurra, liderada pelo jovem Santiago, se instalou em 1961.

Desde então, A Viña Requingua se tornou uma das maiores especialistas desse terroir, e sua extensão apenas aumentou. Mas a produção não. A família decidiu manter a produção nem muito grande nem muito pequena – o máximo que mãos familiares poderiam produzir.

Produtos relacionados