Emiliana Coyam 2015
Colchagua, Chile
Emiliana Coyam 2015
Um dos mais premiados vinhos chilenos, um blockbuster orgânico potente e muito saboroso!
Organico

94

js

91

d

94

ds

94

ta

de R$ 270,00
Unidade R$ 239,90 em até 3x sem juros
Shipping Frete
grátis*
Checkout
seguro
Digicert Norton
Sobre o produto
Teor
alcoólico
14,5%
Descanso
60 min.
Temperatura
15°
Uva/Corte
Cabernet Sauvignon
Carmenère
Garnacha
Malbec
Mourvèdre
Petit Verdot
Syrah
Tempranillo

Coyam significa “carvalho chileno” em Mapudungún, a língua dos nativos Mapuches do sul do Chile, e evoca as majestosas árvores nativas que rodeiam os vinhedos em Los Robles, no Vale de Colchagua. É um blend de 44% Syrah, 30% Carmenere, 12% Cabernet Sauvignon, 4% Mourvèdre, 4% Malbec, 2% Garnacha 2% Tempranillo e 2% Petit Verdot. Ufa! Dá um trabalho enorme fazer um corte desses!

A obra do mestre dos enólogos chilenos Alvaro Espinoza, passou por 14 meses em barricas de carvalho francês e americano, todos os vinhos amadurecidos individualmente por 8 meses, depois misturados num blend e envelhecido mais uma vez por 6 meses.

Tinto escuro, denso, com aroma de baunilha, caramelo, manteiga dourada em fogo baixo com fruta silvestres, menta...o aroma não tem fim. O sabor é denso, tem taninos, mas nada amargos ou pesados que se unem em acidez maravilhosa e sabor encorpado. Tem bastante sabor de madeira, mas as camadas frutadas deixam tudo muito suculento.

Um vinho perfeito para um alto corte de bisteca bovina ou com seu queijo curado preferido!

Decantar por uma hora e servir em copo bojudo.

História

Fundada em 1986 pela família Guilisasti do Chile, a Vinedos Emiliana é uma iniciativa dedicada à produção de vinhos feitos a partir de uvas orgânicas e, no caso do super-premium Emiliana Gê e Coyam, feitos de acordo com princípios biodinâmicos. O vinho "Gê" marcou o lançamento do primeiro vinho biodinâmico certificado da América do Sul.

A conversão progressiva dos vinhedos da Emiliana começou em meados da década de 1990. Hoje, os vinhedos de Emiliana somam 900 hectares nas regiões de Maipo, Colchagua, Casablanca, Bío-Bío, Cachapoal e Limarí, totalmente certificados pela ISO 14.00. Hoje, a Emiliana constitui a maior fonte individual de vinhos orgânicos cultivados no mundo.

D9lwzdolcakifeyv7lpu
Curador(a)
Manuel Luz
Produtos relacionados