Bodegas Castaño "Altos del Cuadrado" 2010
Yecla, Espanha
Bodegas Castaño "Altos del Cuadrado" 2010
Poderoso tinto com 9 anos de idade! Raridade.
Best seller badge

90

rp

91

gp

Produto indisponível
Sobre o produto
Teor
alcoólico
14,0%
Descanso
30 min.
Tempo
de barrica
14 meses
Temperatura
15°
Uva/Corte
Monastrell
Petit Verdot

Este tinto é uma raridade.

O Altos del Cuadrado é um Triplo V, sigla que significa Viñas Viejas en Vasos, ou seja, as vinhas plantadas em espaldeira, cujos galhos ficam soltos rentes ao solo, e muito afastadas uma planta das outras, para não haver concorrência por água entre as videiras. A baixa estatura as protege dos ventos fortes.

Esse sistema foi desenvolvido 500 AC, pelos fenícios, antigos colonos da região, segundo os produtores.

A uva Monastrell é uma antiga videira do Mediterrâneo, se chama Mourvèdre, na França, e Mataró, na Catalunha. A Petit Verdot é uma parente da Cabernet Sauvignon, nativa de Bordeaux, e muito usada em Margaux. Seus vinhos são negros e profundos e tem muita acidez e taninos. A Mouvèdre faz os poderosos Châteauneuf.

As duas juntas são par perfeito para superar as dificuldades climáticas extremas do sul da Espanha, região pedregosa, onde quase não chove, e onde há pouca água no subsolo.

O corte é redondo, maduro, rico em especiarias, chocolate, tabaco. Denso, cheio de sabor, tem taninos macios e longa duração no palato.

Um vinho para decantar por uma hora, no mínimo. Pela idade e por ser engarrafado sem filtrar pode apresentar borras, ou sejam bitartarato de potássio, cristais totalmente naturais do vinho.

Levou 90 Pontos de Robert Parker e 91 do Guia Peñin.

História

A família Castaño é a maior produtora da região e pioneiros no uso de Monastrell, da qual fizeram o resgate já que estava a beira da extinção da região. As dificuldades para produção de qualquer atividade agrícola na área são imensas, devido a falta de água no subsolo e de chuvas.

O manejo das vinhas, o uso inteligente da água é um dos desafios superados pela empresa, que hoje goza de muito sucesso com vinhos plenos, densos, muito bem elaborados.

Yecla tem origem no tempo dos Mouros, no século VI, e originalmente se chamava Yakka, e já era habitada no tempo dos Fenícios, há mais de 2 mil anos.

D9lwzdolcakifeyv7lpu
Curador(a)
Manuel Luz
Produtos relacionados