Sexteto Château Les Haut du Tertre Margaux 2012
Bordeaux, França
Sexteto Château Les Haut du Tertre Margaux 2012
Profundo, poderoso, com maciez pela Merlot e potência pela Cabernet Sauvignon, este um belo Margaux.

91

we

Produto indisponível
Sobre o produto
Teor
alcoólico
13,5%
Descanso
90 min.
Temperatura
15°

A denominação Margaux é reconhecida pela elegância de seus vinhos. Baseados em Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc, costumam ter potência, mas ao mesmo tempo, elegância e profundidade.

Seus vinhos são poderosos, mas refinados, e são descritos como um "punho de ferro em luva de veludo."

O Les Haut du Tertre é elaborado com as mesmas uvas do irmão maior, o vinho Grand Cru Classé da propriedade, na mesma vinícola e amadurecido nas mesmas barricas de carvalho.

O Les Haut passa por 12-16 meses em barricas novas de carvalho. Ao abrir, percebemos em taça rubi indo pelo negro. Seus aromas demoram a abrir, por isso recomendamos decantá-lo por uma hora antes de servir.

Após um tempo surgiu chocolate, pimenta seca, especiarias doces. O sabor é volumoso, tem taninos elegantes, mas potentes. Alguns segundos no palato traz chocolate amargo, tabaco doce, favas de baunilha que é a marca da barrica nova francesa. Também um herbáceo notável, talvez pela presença da Cabernet Franc no corte.

O vinho é elegante, mas tem força, um bom exemplar de Margaux. Está pronto para beber agora, mas vai evoluir por mais 5-7 anos.

Aproveita da oferta de hoje e adquire uma das únicas 30 unidades disponíveis a um valor 50% OFF o valor médio encontrado nas outras lojas online!

História

Tertre em francês significa colina suave, terreno ascendente, que é o lugar onde a propriedade está localizada. Com uma história que remonta a 1143, Du Tertre é uma das mais antigas propriedades da margem esquerda de Bordeaux.

Hoje o Château é comandado por Eric Albada Jelgersma e Louise Albada Jelgersma. A família Jelgersma já estava bastante estabelecida em Bordeaux, e são proprietários de outro Château em Margaux, o Château Giscours .

O enólogo e administrador Alexander van Beek foi trazido para gerenciar Chateau du Tertre, e sob sua direção, algumas práticas mudaram, e uma das primeiras decisões foi interromper a colheita de máquinas e passar a escolher manualmente.

Hoje o Château du Tertre está convertendo as vinhas para cultivo natural, e a vinificação para orgânica.

D9lwzdolcakifeyv7lpu
Curador(a)
Manuel Luz
Produtos relacionados