Argiano Non Confunditur 2015
Toscana, Itália
Argiano Non Confunditur 2015
Feito pelo Argiano, que tem cinco séculos de história na terra do Brunello, o NC é um estupendo corte de Sangiovese com castas franceses
Best seller badge

90

rp

94

js

de R$ 320,00
Shipping Frete
grátis*
Checkout
seguro
Digicert Norton
Sobre o produto
Teor
alcoólico
14,0%
Descanso
60 min.
Tempo
de barrica
12 meses
Temperatura
15°
Uva/Corte
Cabernet Sauvignon
Merlot
Sangiovese
Syrah

NC vem de Non Confunditur, é um termo latino que significa único, inconfundível.

O NC nasceu da união singular de castas francesas com a uva principal da Toscana, um corte de Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah e Sangiovese, envelhecido por 8 a 9 meses em carvalho francês e esloveno, bem como em cubas de inox.

Quem ama Brunello vai gostar demais desse vinho: oferece um ótimo peso que é a marcada Sangiovese grosso da região de Montalcino, mas ainda tem aquele toque selvagem que remetem a Sangiovese dos Chiantis Classicos ao norte da Toscana.

Notas animalescas e as frutas do bosque típicos da Sangiovese se destacam e a maciez da Merlot arredonda, enquanto o vinho ainda oferece a groselha preta aromática do Cabernet e a especiaria da Syrah. Taninos polidos, persistência longa… um vinho muito bem feito!

Para harmonização pensamos em uma carne de vitela com um molho de tomates frescos, ideal para servir junto a um picci a la Toscana..

Recebeu 94 pontos de james Suckling. "Este é um jovem rico cheio de chocolate, groselha e notas de sândalo. Corpo cheio, taninos mastigáveis e um final longo e saboroso. Beba ou guarde por mais 5-7 anos.

História

A história da Argiano começa em Siena com a construção entre 1581 do esplêndido vilarejo, exemplo de moradia senhorial do século XVI. Graças também à edificação da adega, nasce na mesma época a vocação da vinícola Argiano.

A propriedade pertenceu, ao longo dos séculos, a diferentes famílias nobres, até chegar ao século XIX sob a gestão da Sra. Ersilia Caetani Lovatelli, que deu visibilidade e promoveu nos melhores salões culturais da época os produtos vinícolas da Argiano.

Daquela época há a lembrança da declamação do poeta Carducci, com o verso “nella quale asprezza mi tersi col vin d’Argiano, il quale è molto buono…” (na amargura purifico-me com o vinho da Argiano, que é muito bom …).

Qsno7h70wnqtwxvbgtu1
Curador(a)
Alykhan Karim
Produtos relacionados