Mouton Cadet Réserve 2010 (750 mL)
Sauternes, França
Mouton Cadet Réserve 2010 (750 mL)
"Sempre achei que sabia tudo sobre Sauternes, mas este veio como uma tapa na cara para eu acordar e parar de achar que já conheci tudo o que os vinhos podem me mostrar." Jô Barros tem como paixões a cozinha e os filmes do Almodóvar. Ela é a sommelière principal do Sonoma, eleita a Melhor do Brasil pela Prazeres da Mesa 2011.
Produto indisponível
Sobre o produto
Descanso
0 min.
Temperatura
12°

**Limitado a 1 garrafa por Membro Sonoma**

Sauternes a gente já conhece e ama. No quesito vinhos de sobremesa, é sem dúvidas um dos mais prestigiados e procurados. É dourado, doce sem enjoar, muito fresco e floral, com toques de mel, leve e delicado...

Só que não! Este Sauternes não é assim!

Ok, dourado e doce ele é, sem enjoar, claro. Mas nele tem limão! Limão, chá verde e outras coisas verdes! Tem própolis no seu mel. Um Sauternes mais refrescante que esse, impossível!

É denso, tem mais peso do que um Sauternes costuma ter. Enche a boca. Que diferente, que gostoso! Até quem não gosta de vinhos de sobremesa vai se surpreender.

Por ser assim, alternativo, dá para brincar com as harmonizações. Tente um foie gras com maçã, daqueles para comer de prato principal mesmo. Clique aqui e pegue a receita!

História

Talvez você nunca tenha escutado o nome Mouton Cadet antes, mas ele é mais famoso do que você imagina. Vamos começar pelo termo “cadet” – é usado pelos franceses para se referir ao “caçula” da família. E faz sentido, pois se trata de uma pequena linha de entrada, com preços mais acessíveis, de um dos châteaux mais famosos de Bordeaux: a Rothschild.

Criada pelo barão Philippe de Rothschild, de uma das dinastias bancárias mais importantes da França, a vinícola começou com a produção de um tinto totalmente caseiro e familiar na década de 1930. Quarenta anos depois, começaram a ganhar o mundo. Hoje, são conhecidos por um dos vinhos mais famosos.

Produtos relacionados