Fürst Hohenlohe Oehringen Lemberger Trocken 2012 (Orgânico)
Württemberg, Alemanha
Fürst Hohenlohe Oehringen Lemberger Trocken 2012 (Orgânico)
Um delicado tinto de uva rara, lembra muito Pinot Noir da Borgonha, feito por um dos grandes produtores da Alemanha
Organico

90

ad

de R$ 210,00
Shipping Frete
grátis*
Checkout
seguro
Digicert Norton
Sobre o produto
Teor
alcoólico
12,0%
Descanso
60 min.
Tempo
de barrica
6 meses
Temperatura
15°

Nossa, que nome! Ao ler o rótulo intimida!

Fürst Hohenlohe Oehringen é o produtor. Com mais de 700 anos de história, fica entre o grupo seleto que forma a associação VDP, os top 5% de produtores do país.

Este vinho é um achado orgânico feito pela rara uva Lemberger, a mesma casta Blaüfrankisch famosa na Áustria.

As uvas deste vinho foram cultivadas em solos de calcário e giz, parecidos aos da Côte d’Or na Borgonha e também a Vale do Loire. Após uma colheita manual das melhores uvas e uma maturação de 6 meses em grande tonéis de carvalho, com uma parte passando por barricas de segundo uso, o vinho passou 6 anos dentro da garrafa. Só agora este achado está pronto para tomar.

Seus aromas ao abrir são ferrosos, remetem a sangue, também bosque. Em boca o vinho é sóbrio, de corpo leve para médio, com poucos taninos. Percebemos cereja negra e framboesa mas também traços de madeira, cravo da índia, cardamomo. Com tempo, morangos em compota e chocolate branco.

Apesar da idade ele ainda é uma criança, com bastante vida para frente e bastante complexidade que se desenvolve na taça ao longo de uma meia hora. Recomendamos decantar, após uma hora oferecerá integração e maciez.

Facilmente rivalriza qualquer Bourgogne Villages. Servir com cassoulet, boeuf bourguignon, ou cabrito com abóbora.

História

A família Fürst Hohenlohe-Oehringen produz vinhos há 27 gerações, desde 1253, um dos mais antigos produtores da Alemanha.

Seus vinhedos se localizam em Ferrenberg, próximo à cidade de Heilbronn.

A propriedade possui um total de 17 hectares e segue princípios ecológicos em sua produção, sendo oficialmente certificada como orgânica (biológica).

O solo de sua propriedade é sedimentar de origem calcária marinha e de giz. Seus vinhedos ficam nas colinas com orientação sul, com excelente insolação e adequada proteção contra os ventos. As encostas, com até 45° de inclinação, permitem captar o sol durante todo o dia, retendo o calor mesmo durante as noites frias. O solo continua aquecido durante à noite, pela insolação do dia, mantendo quentes as raízes, enquanto as uvas são expostas ao ar mais frio e à umidade noturna. Esta combinação facilita a formação de complexos aromas nas uvas.

A produção é limitada ao máximo de 50 hectolitros por hectare. Isto é garantido através da poda no início do ciclo de vegetação (a “colheita verde” – onde parte das uvas são cortadas e descartadas em julho para concentrar a força da videira nas uvas remanescentes).

A colheita é seletiva e feita manualmente, seguida por um tratamento muito cuidadoso na adega, com maturação dos vinhos tintos em madeira (tonéis ou barricas).

Com clima e terroir semelhante ao da Borgonha, Fürst Hohenlohe-Oehringen produz excelente Pinot Noir, também Riesling, e Lemberger.

A vinícola Fürst Hohenlohe-Oehringen é membro da VDP – associação das 200 melhores Vinícolas da Alemanha.

Qsno7h70wnqtwxvbgtu1
Curador(a)
Alykhan Karim
Produtos relacionados