Collosorbo Brunello di Montalcino 2013
Toscana, Itália
Collosorbo Brunello di Montalcino 2013
Collosorbo brilhou novamente em 2013 e produziu um dos melhores Brunellos da região, com 95 Pontos James Suckling e 94 do Galloni
Best seller badge

92

we

95

js

94

ag

Produto indisponível
Sobre o produto
Teor
alcoólico
14,0%
Descanso
120 min.
Tempo
de barrica
36 meses
Temperatura
15°
Uva/Corte
Sangiovese Grosso

O Collosorbo Brunello da safra 2012, vendida exclusivamente pela Sonoma, foi um dos maiores sucessos entre nossos clientes brunelistas.

Com a safra de 2013 a Lucia e Laura, produtores irmãs, brilharam novamente.

A safra foi esplêndida em Castelnuovo dell’Abate, um perfeito micro terroir de Montalcino, sul da região, onde esta propriedade está localizada.

Elevado a 300m - 500m, protegido pelo Monte Amiata dos ventos quentes subindo do sul do país, abençoado por alta exposição solar, Castelnuovo dell’Abate é considerada a melhor das 5 distintas sub-zonas do sul de Montalcino. Lá os vinhos oferecem fruta abundante, mas também com acidez e estrutura o suficiente para melhorar na longa guarda.

Algumas das melhores parcelas em Castelnuovo dell’Abate pertence à família atrás da Collosorbo. Com 50 anos de história de produção na região a habilidade da família, também a qualidade do seu terroir, ficam aparentes ao degustar este vinho.

Adoramos os aromas carnudos, típicos da Sangiovese Grosso, também o paladar cheio de a bala de iogurte de morango, traços de baunilha, fruta fresca. A acidez está linda, a fruta na medida certa, a persistência fantástica, uma evolução em boca de 15 - 20 segundos.

Um grande, grande Brunello.

95 pontos - James Suckling - "Belos aromas de cereja preta e damasco. Corpo cheio, exótico e intenso. Uma riqueza de frutas ainda permanece vibrante e firme".

94 Pontos - Vinous (Antonio Galloni) - “O nariz intensamente floral (violeta, íris, rosa) também oferece aromas de cereja vermelha e incenso. Denso e suculento com muito extrato, impecável e bem feito".

História

Propriedade fundada por Giovanni Ciacci em 1995, atualmente comandada por suas filhas enólogas Laura e Lúcia, Collosorbo é hoje considerado um produtor de referência no sul de Montalcino.

A propriedade da família foi construída sobre túneis utilizadas pelos etruscos, povo que existia na Toscana antes da ocupação romana. Hoje, a família possui 20 hectares de oliveiras e 15 vinhedos diferentes, a maioria direcionada para os Brunello e Rosso di Montalcino. A altitude é perfeita pela produção de Brunello, 300 m acima do mar, e o ferro no solos, pouco encontrado fora de Castellnuovo dell’Abate, contribui à complexidade e características minerais dos seus vinhos.

O nome Collosorbo é referência às árvores natais (sorbo) que crescem nas colinas (colli) da região, mas também tem outro significativo: “pescoço forte” em italiano antigo. Bem escolhido: não foi fácil para três mulheres winemakers ganharem destaque como uma das melhores famílias produtoras na DOCG mais importante da Itália.

O Brunello da Collosorbo é um excelente meio-termo entre o estilo de winemaking moderno e o tradicional da região. Para envelhecer os vinhos, a família usa barricas de carvalho francês de 3˚ uso (barricas usadas para não aportar sabores fortes de madeira) para 30% do blend. Para o resto emprega os “botte” tradicionais da região, cascas de 60hL de carvalho eslavo. O resultado é um vinho mais aberto e menos “duro” na sua juventude.

Qsno7h70wnqtwxvbgtu1
Curador(a)
Alykhan Karim
Produtos relacionados