Trio Château Cantenac Brown 2015 3˚ Grand Cru Classé Margaux
Margaux - Bordeaux, França
Trio Château Cantenac Brown 2015 3˚ Grand Cru Classé Margaux
Cheio de fruta e densidade, apresenta muito corpo. Não é à toa que foi considerado o mais potente tinto de Margaux.

94

ws

96

we

94

js

95

ag

Produto indisponível
Sobre o produto
Teor
alcoólico
14,5%
Descanso
120 min.
Tempo
de barrica
20 meses
Temperatura
15°
Uva/Corte
Cabernet Franc
Cabernet Sauvignon
Merlot

*Venda antecipada. Detalhes no final do e-mail.

O Cantenac-Brown 2015 é um verdadeiro herói de guerra, se considerarmos suas condecorações, medalhas e prêmios. Levou 96 pontos da Wine Enthusiast, 95 da Vinous, 94 do James Suckling, 94 da Wine Spectator, entre inúmeras outras publicações no mundo todo. Suckling disse que é "um vinho estupendo, sem retoques, apenas para apreciar sua evolução ao longo da década".

O Cantenac-Brown 2015 é um Grand Cru Classé, eleito na grande classificação de 1855, por incentivo do imperador Napoleão 3o, que contratou uma equipe de especialistas e comerciantes para determinarem os melhores terroirs e propriedades do Médoc.

No total são 48 hectares em Margaux, incluindo o château, suas dependências e vinhas. Além de vinhedos, a grande propriedade de Cantenac Brown usa 5 hectares de terra para criar um cenário deslumbrante, semelhante a um parque, com lagos e cisnes. Também mantêm colmeias e produzem seu próprio mel.

Seu grande terroir são os 16 hectares de videiras plantadas em Cantenac com vista da sala de degustação . Eles ainda têm vinhas em Margaux, Soussans e mais para o interior, perto do Château du Tertre, de onde saem os demais vinhos do grupo.

Degustamos recentemente este Grand cru e, na taça, podemos verificar suas qualidades. Rubi escuro, a luz não atravessa. O aroma é profundo, cheio de camadas que revelam chocolate amargo, mineralidade, tosta maravilhosa e muito bem trabalhada pelos 20 meses em barricas de carvalho novo de 225 litros feitos especialmente para as características deste Château.

Depois de uns minutos na taça bojuda, vem grafite, cedro, pimenta-do-reino preta, cerejas maduras combinadas com licor de cassis. O sabor impressiona. Entrega muita coisa agora, mas nem 10% do que mostrará daqui a 10, 15 anos. Mas certamente é um encantamento. Taninos vigorosos e jovens, porém polidos, de uma safra excepcional. Cheio de fruta e densidade, apresenta muito corpo. Não é à toa que foi considerado o mais potente tinto de Margaux.

Perfeito com carré de cordeiro ao tempero de hortelã fresca ou uma bela peça de foie gras.

96 Pontos - Wine Enthusiast

95 Pontos - Vinious (Galloni)

94 Pontos - James Suckling

94 Pontos - Wine Spectator

* A venda antecipada permite a Sonoma oferecer vinhos raros em ofertas extremamente atraentes. Este vinho está sendo importado, por isso, não é possível garantir uma data de entrega. Estimamos em Setembro - Outubro de 2018.

* Uso de cupom não permitido com este produto

História

Jacques Boyd, um entusiasta do vinho, comprou terras em Cantenac em 1754 e plantou videiras que eventualmente se tornaram Boyd-Cantenac, o primeiro nome do que conhecemos hoje como Château Cantenac-Brown. Mas foi o escocês John-Lewis Brown quem comprou a propriedade no início do século 19 e começou a construção do edifício atual. O château tem o nome de Brown e da comuna de Cantenac em que está localizado.

Em 1855, por incentivo do imperador Napoleão 3º, uma equipe de especialistas e comerciantes elegeram o Cantenac-Brown como Troisième Grand Grand Cru Classé, uma das estrelas de Margaux.

A empresa de cognac Remy Martin tornou-se uma breve proprietária, até 1989, quando a AXA Millésime assumiu o controle e começou a investir pesadamente na propriedade. Hoje está sendo totalmente convertida para cultivo orgânico. Já é sustentável, e, além do vinho, produz um mel que é disputadíssimo entre os visitantes e donos de restaurante da região.

D9lwzdolcakifeyv7lpu
Curador(a)
Manuel Luz
Produtos relacionados