Bacalhôa Moscatel Roxo 2017
Península de Setúbal, Portugal
Bacalhôa Moscatel Roxo 2017
Luxuriantes aromas de rosas com romã madura.
Produto indisponível
Sobre o produto
Teor
alcoólico
13,5%
Descanso
30 min.
Temperatura
10°
Uva/Corte
Moscato

A uva Moscato Roxo esteve quase extinta nos anos de 1990, mas foi recuperada pelos esforços de várias empresas, entre elas destaca-se a Bacalhôa.

Trata-se de uma versão avermelhada da Moscato, considerada ainda assim uma uva branca, embora seu suco seja levemente rosa escuro.

Na taça somos brindados com aromas ricos, perfumados, cheios de expressão: canela, toranja, raspas de limão, rosa, manga madura. O sabor é intenso, fresco, não é seco, mas não é muito doce: fruta cítrica se mescla ao sabor de romã e lichia madura. Um encantamento.

Gostamos de harmonizar com pratos de inspiração asiática com sabores picantes perfumados.

História

A Quinta da Bacalhôa é uma antiga propriedade da Casa Real Portuguesa, no mesmo local do famoso palácio que leva o mesmo nome, em posse dos Albuquerques na pequena sub-região de Azeitão.

É nada mais nada menos que uma das vinícolas mais famosas e mais antigas de Portugal. Datada do início do século 16, já pertenceu ao monarca D. João I, ao duque de Viseu e ao rei D. Manuel I.

Este último foi quem batizou a “quinta”. Não se sabe bem o porquê, mas a esposa de Manuel foi apelidada de “bacalhôa” às margens do rio Sado.

D9lwzdolcakifeyv7lpu
Curador(a)
Manuel Luz
Produtos relacionados