Arroz Acquerello Envelhecido (7 anos)
Piemonte, Itália
Arroz Acquerello Envelhecido (7 anos)
"Fiz acompanhado de linguiça toscana artesanal e ficou fantástico. Foi a primeira vez que comi um arroz tão incrível e tão saboroso como este. O melhor arroz do mundo!"   Além de ser a sommelière principal do Sonoma, Jô Barros é apaixonada pela coiznha e os filmes do Almodóvar. Ela foi eleita a Melhor Sommelière do Brasil pela Prazeres da Mesa em 2011.
Produto indisponível
Sobre o produto

Já comeu um arroz envelhecido? Se ainda não (ou se já é fã), temos a honra de trazer de volta o arroz de maior sucesso do Sonoma.  

A diferença se nota logo pelo olhar – é graúdo, sua cor é mais intensa por causa do amido, chega a ser bonito. Extremamente cremoso, de uma textura sem igual. Mais do que um arroz, sem dúvidas uma experiência única. 

Como se trata de um arroz do tipo carnaroli, é só cozinhar como risoto, com um bom vinho branco e um caldo de carne ou legumes. É incrível, os grãos não se quebram em momento algum (quando fica pronto, estão ali todos os grãos inteirinhos).

Quantidade: 500 g

História

Acquerello é um arroz único. Único por diversas razões. A listar: após ser colhido, é guardado em recipientes de aço por pelo menos um ano (neste caso, foram sete), período em que reage com o oxigênio e expele toda a água dos grãos, fazendo com que o amido (responsável por sua cremosidade) não desprenda com a umidade. Também é único por ser refinado e selecionado milimetricamente, garantindo apenas os grãos inteiros e perfeitos.

 

Por fim, é único pelos valores nutritivos. Após serem refinados, todos os grãos de arroz branco perdem sua parte mais nutritiva, a chamada gema (por não ser refinado, isso não acontece com o arroz integral, por exemplo). A Família Rondolino, na fazenda Colombara, utiliza um método exclusivo que reintegra aos grãos a gema perdida, sendo, assim, o único arroz branco com as qualidades do arroz integral.

Produtos relacionados