Johannisberg, uma uva que é raridade européia

A uva também conhecida como Sylvaner e Gros-Rhin produz excelentes vinhos brancos caracterizados pela alta acidez.

A uva também conhecida como Sylvaner e Gros-Rhin produz excelentes vinhos brancos caracterizados pela alta acidez.

A variedade é cultivada, principalmente, na Alemanha, França e Suíça - sendo esse último país um dos mais importantes na produção de vinhos a partir dessa uva.

Na Suíça, ela ocupa o segundo lugar na ordem de importância das variedades brancas da região de Valais – perde apenas para a Chasselas, que é a mais consumida pelos suíços. Com o intuito de preservar suas qualidades, sua plantação no Valais é feita em vinhedos nas exposições mais favoráveis para desenvolver sua personalidade fina e encorpada e, é claro, sua característica altamente aromática e floral. Geralmente, a variedade produz vinhos elegantes e com acidez mais acentuada. E, em comparação à sua concorrente Chasselas, ela é mais tardia e se distingue pelo seu broto verde-amarelado e folha redonda, além de possuir cachos médios, compactos e uvas redondas, verdes e levemente salpicadas de castanho.

Na maioria das vezes, a Johannisberg se expressa bem em vinhos jovens, não que isso seja regra ou empecilho para vinhos de guarda, pelo contrário, as melhores safras podem ser armazenadas por anos e até mais de uma década. E porque não décadas? O importador José Augusto Saraiva, da empresa Vinitude, no Rio de Janeiro, contou que foi surpreendido com um rótulo Johannisberg da safra 1977. “Foi um presente e resolvi esperar a ocasião adequada, mesmo não sabendo ao certo o seu estado. Em um jantar com amigos que conhecem e estudam muito sobre o mundo de vinhos, não hesitei, já que se a bebida estivesse ruim, certamente, eles iriam entender. Ficamos surpresos, pois o vinho estava ótimo e absolutamente íntegro na cor dourada e nos aromas de frutas maduras, como manga, lichia e abacaxi. Alguma especiaria e mel também ajudaram a compor a bebida. Para completar, uma inesperada acidez. Incrível, né?”, comenta.

Infelizmente, os vinhos produzidos a partir dessa variedade são mais difíceis de serem encontrados. Poucos deles podem ser adquiridos no país, ainda mais se o rótulo for suíço. Alguns países, no entanto, têm o privilegio de oferecer a legítima bebida suíça, entre eles a Bélgica, Holanda, Alemanha, Estados Unidos e China. Para os amantes brasileiros de vinhos brancos, o jeito é esperar (e torcer) para que, em futuro próximo, os vinhos Johannisberg se tornem mais acessíveis por aqui.

Por Sonoma Brasil



Tokaji, Hungria

Tokaji Aranyfürt Cuvée Muskotály Furmint 2017

Até 11% OFF
Best seller badge Organico

94

rp

Vinho Verde, Portugal

Quinta do Ameal Loureiro 2015 (Orgânico)

Até 28% OFF
Best seller badge

Vêneto, Itália

Mandorla Pinot Grigio delle Venezie 2017

Até 16% OFF

Valle de Maule, Chile

Pucon Reserva Sauvignon Blanc 2018

Até 40% OFF