O que dá no Dão?

Já conhece o Douro, Setúbal e Alentejo? Descubra mais um terroir português: o Dão

Já conhece o Douro, Setúbal e Alentejo? Descubra mais um terroir português: o Dão!

Um dos mais renomados escritores portugueses, José Saramago, certa vez declarou que era apaixonado pela região do Dão, com a célebre frase “Tudo nestas paragens são grandezas”. E os vinhos do Dão são provas líquidas de que ele estava certo.

É no centro-norte de Portugal, em Beira Alta, que a região do Dão se estabeleceu, com uma produção vinícola histórica de mais de um milênio. Com suas vinhas que se distribuem entre pinheiros e montanhas, em altitudes de 400 a 700m que fazem as uvas amadurecem bem lentamente, Dão se tornou famoso pela sua produção de vinhos tintos e brancos com muito aroma e ótima acidez. As serras do Caramulo, Montemuro, Buçaco e Estrela protegem as vinhas dos ventos e criam um clima ideal.

Conta-se que os monges de Cister, que habitavam a região na Idade Média, intensificaram a produção vinícola que já existia no Dão, com propósitos sagrados e cerimoniais. Mas apenas no século XIX a região foi delimitada, tendo sido a segunda área portuguesa que ganhou a demarcação de produtora de vinho.

Com mais de 70 milhões de vinhas, distribuídas em 20.000 hectares, Dão também recebe a fama de ser o berço da famosa uva Touriga Nacional. A casta nasceu na vila de Tourigo, no Dão, e hoje é considerada uma das melhores uvas portuguesas. Não é preciso dizer que é a Touriga Nacional que rouba a cena na produção de vinhos tintos do Dão. Mas, além dela, também há a casta Encruzado, usada para a obtenção de ótimos vinhos brancos de sabor leve e fresco.

Outras castas do Dão que merecem ser destacadas são as tintas Alfrocheiro, Jaen e Tinta Roriz, assim como as brancas Bical, Cercial, Malvasia Fina e Verdelho. Os vinhos brancos dessa região portuguesa costumam ser muito aromáticos, equilibrados e frutados. Já os típicos tintos do Dão apresentam cores fortes de rubi, um bom corpo, paladar redondo e sabores delicados e cheios de veludo. Vale ressaltar que podem ganhar bastante complexidade com envelhecimento em garrafa. Os principais produtores são as Caves Primavera, Aliança, São João e José Maria da Fonseca.

Além dos ótimos vinhos, o Dão também é uma região lindíssima para quem quer curtir um bom enoturismo. Com ar puro, montanhas, plantações de milho, aldeias históricas e vales, o lugar promete uma gama de cultura e história muito rica. Em 1998, foi inaugurada a Rota dos Vinhos do Dão, com visitas a mais de 35 adegas e passeios para aproveitar degustações e paisagens.

Por Fernanda Braite

Harmoniza com esta matéria:



Best seller badge

Lisboa DOC, Portugal

Parras Mula Velha 2016

Até 44% OFF
Best seller badge

Dão, Portugal

Parras "Evidência" Tinto 2015

Até 29% OFF

Douro, Portugal

Quinta da Romaneira Fine Tawny Port

Até 24% OFF

Douro, Portugal

Quinta da Romaneira Fine Ruby Port

Até 24% OFF