Estilos de vinho: muito além do sabor da uva...

Além dos países e das uvas, tudo é uma questão de estilo no mundo dos vinhos. Entenda por que algumas pessoas não gostam de certos tipos de vinho.

Tudo uma questão de estilo. Saiba porque algumas pessoas dizem não gostar de alguns tipos de vinho.

Muito se fala sobre o estilo de um vinho, principalmente quando críticos ou especialistas estão no debate. Comum também é ouvir alguém dizer que prefere vinhos de determinada uva ou que não consegue gostar de uma variedade. Mas será que todos sabem que as preferências estão relacionadas ao estilo do vinho?

Quando se trata de vinhos, muitas pessoas se esquecem que uma variedade de uva pode produzir diferentes estilos de vinho, dependendo de onde as vinhas foram cultivadas e de como o vinho foi preparado. O simples conhecimento da uva com a qual o vinho foi feito não diz qual será o seu sabor: existem outros fatores nessa “equação”, incluindo o produtor.

Desde a escolha do local de plantio das uvas e da variedade a ser cultivada para a produção de vinho, até a imposição do método de produção, tudo que o produtor quer é dar um estilo único ao seu produto, diferenciando-o de todo o resto. Em outras palavras, dar sua assinatura pessoal a uma variedade cujo sabor já é conhecido.

Por isso, na hora de escolher um vinho, mais importante do que a uva com a qual ele foi feito, é bom identificar qual o estilo desse vinho. Saber qual estilo de vinho é mais agradável ao seu paladar é um importante ponto de partida para fazer as escolhas frente à imensidão de ofertas que existe, ao mesmo tempo que permite aprender mais sobre os vinhos e ampliar horizontes.

Não existem regras para determinar o estilo de vinho, nem um que seja melhor que o outro. É uma questão de gosto, totalmente pessoal e que leva em conta as boas e más experiências com determinado estilo. Tampouco existem regras para definir quais são os estilos existentes, já que cada produtor classifica os vinhos de acordo com seu modo de ver.

Nós do Sonoma gostamos de caracterizar o estilo do vinho por seu corpo e pelos sabores que apresenta. Assim, os vinhos brancos podem ser leves e refrescantes, de corpo médio e aromáticos ou encorpados e opulentos. A classificação dos tintos varia entre leves e frutados, suaves e maduros ou encorpados e ricos.

Pode parecer pouco, mas há muito o que descobrir dentro dessas seis categorias. Vamos lá?

Por Sonoma Brasil



Azeitão, Portugal

Quinta da Bacalhoa JP 2013 (375 mL)

Até 37% OFF

93

ds

Eden, Uruguai

Vinã Eden Champenoise Brut

Até 18% OFF

92

ad

Alentejo, Portugal

Quinta do Carmo Branco 2017

Até 17% OFF
Organico

Curicó, Chile

Laurent Insolente Viognier Branco 2018 (Orgânico)

Até 17% OFF