Champagne Taittinger
Champagne, França
Champagne Taittinger
A mais delicada das maison de champagne, numa incrível e mineral versão brut.

90

ws

90

we

Produto indisponível
Sobre o produto
Teor
alcoólico
12,5%
Temperatura
10°
Uva/Corte
Chardonnay

Em 1734, Jacques Fourneaux estabeleceu uma vinícola em Champagne e trabalhou em estreita relação com as abadias beneditinas que, à época, possuíam os melhores vinhedos da região.

Pierre Fourneaux, primo de Jacques, era um monge católico, e isso ajudou no bom relacionamento entre eles.

Depois do final da primeira guerra mundial, a maison adquiriu a propriedade que conhecemos hoje, o Château de La Marquetterie, sede da empresa desde 1932. A Vinícola se tornou uma das mais importantes da região e possui uma adega de 18 metros de profundidade construída no ano 1734.

Ligada à arquitetura clássica e às artes, a Taittinger é tida como séria, sutil, para apreciar como uma obra de arte.

Seu vinho é muito refinado, de corpo leve, sutil e iluminado. Resultado do blend de 30 vinhedos de Chardonnay e Pinot Noir, respectivamente 40% e 60% , a Taittinger usa em seus cortes 4 safras diferentes, o que dá a seus vinho um estilo mais elegante e amadurecido.

A coloração lembra um limão dourado. As borbulhas são minúsculas e intensas. O aroma traz abacaxi fresco, muita maçã e especiarias doces. Apesar do corte ter mais Pinot Noir, é a Chardonnay que se destaca no olfato.

Na boca a Pinot mostra sua participação no corte: seco, sutil, floral, tem corpo leve e sabor muito perfumado. Cremoso, sedoso, o sabor deste champagne permanece por vários segundo no palato.

Recebeu 90 pontos da Wine Spectator que se refere ao champagne como "muito floral, delicado, que se supera pela finesse e incrível delicadeza".

A Wine Enthusiast deu 90 pontos e declarou que é esta maison mostra muita personalidade e seus vinhos são distintos dos demais pelo caráter floral e mineral no paladar".

História

Com 288 hectares de vinhedos próprios, a marca Taittinger detém 34 importantes Crus da região, atualmente, a quarta geração da família administradora  está fortemente envolvida na produção das linhas de champagne. Comandada por  Vitalie e Clovis Tatittinger, descendentes de Pierre-Thomas Emanuel, o homem que recuperou a casa dos estragos da segunda guerra mundial, e posicionou a Taittinger como uma das mais importantes bebidas de luxo do mundo.

Ligada às artes, é famoso na França o Prêmio Taittinger, um concurso que envolve artes plásticas e escultura. A própria maison é um verdadeiro museu e exibe em seus salões obras de Monet, Modigliani, Rodin entre outros.

D9lwzdolcakifeyv7lpu
Curador(a)
Manuel Luz
Produtos relacionados