Champagne Louis Roederer Cristal 2009 Sexteto
Champagne, França
Champagne Louis Roederer Cristal 2009 Sexteto
Uma obra de arte é definida por sua beleza, singularidade e significado. O Champagne Cristal tem todas essas características, além da raridade.

95

ws

96

rp

97

js

Produto indisponível
Sobre o produto
Teor
alcoólico
12,5%
Descanso
0 min.
Temperatura
10°

São 45 parcelas de vinhedos que pertencem à família Roederer. Só uma vez, desde, em 1947, usaram todas as 45 parcelas numa única cuvée, na maioria das safras entram 20, 25, 30, parcelas, divididas entre Pinot Noir e Chardonnay dos crus da Montagne de Reims. A mesma receita desde a fundação da maison. Metade das vinhas é de cultivo biodinâmico, cultivadas em solo de puro giz; em 15 anos, será 100%, garantem.

Cristal é um champagne exclusivo, inicialmente colocado em garrafas de Cristal de Baccarat, daí o nome que o consagrou. Era servido à mesa do imperador Nicolau, Czar da Rússia. Uma verdadeira jóia que passa 4 anos de sua vida nas caves subterrâneas medievais, metade do tempo em barricas, outra metade fermentando e maturando.

Vê-se sua cor levemente dourada através do vidro transparente, normalmente verde, ou levemente marrom nas garrafas das demais casas. Na taça é intenso e, ao mesmo tempo, delicado e mineral. Possui uma combinação de aromas florais, algo de doce, com castanhas tostadas, frutas cítricas secas, envolvidos em notas minerais. A textura é extremamente sedosa, com concentração e sabores de frutas maduras, toque de cacau e caramelo suave. Harmonia, eis uma boa definição para o que de melhor pode-se produzir em Champagne.

James Suckling, ao conferir 97 pontos escreveu "Cristal é muito rico e com corpo inteiro que remonta a 2006 ou 1989, no estilo. lembra um grande vintage em amadurecimento. "

A Decanter anotou 97 pontos, e sentenciou "a pureza e a sublime textura do prazer num champagne; beber agora e pelos próximos 20 anos."

* Uso de cupom não permitido com este produto

História

Foi a primeira Cuvée de Prestige criada na França, e hoje é o ícone mundial dos

Champagnes, produzido somente em grandes safras. Fundada em 1776, a Maison Louis Roederer criou o célebre Champagne Cristal a pedido do Czar Alexandre II da Rússia que reinou de 1855 a 1881, um apaixonado pelos Champagnes. Símbolo de poder, era produzida exclusivamente para o monarca, em garrafas de cristal, uma exigência pessoal. Com o fim do império russo, o Cristal continuou a ser produzido, com alto grau de exigência, e hoje se pudemos degustar, vamos provar a mesma receita de séculos.

Produtos relacionados